sexta, 10 de fevereiro de 2017 - 16:14h
Governo garante apoio às reivindicações do município de Amapá
Governador Waldez acenou positivamente e encaminhou demandas à equipe de governo
Por: Elder de Abreu
Foto: Marcelo Loureiro
Governador e o prefeito também discutiram uma parceria para ajudar o município a captar recursos federais

Uma comitiva formada por vereadores do município de Amapá, esteve reunida nesta sexta-feira, 10, com o governador Waldez Góes. Na pauta do encontro estão reivindicações para as áreas de transportes, infraestrutura, segurança pública, setor produtivo e trabalho. O prefeito da cidade, Carlos Sampaio, e secretários de governo também participaram da audiência.

Segundo o prefeito, duas pontes dentro do município necessitam de reformas. O secretário de Estado de Transportes, Jorge Amanajás, que estava na reunião, disse que na semana seguinte vai enviar uma equipe de engenheiros da Setrap à cidade para fazer um levantamento sobre as condições das duas estruturas.

O governante do município também pediu auxílio no escoamento da produção agrícola. O chefe do Executivo anunciou que uma aquisição de caminhou para este fim está em fase final e que Amapá será uma das cidades beneficiadas.

O governador também garantiu que as negociações para implantação de polos universitários estão em curso. Segundo Sampaio, atualmente existem mais de 2 mil jovens ociosos. Eles concluíram o Ensino Médio, mas não são todos que estão trabalhando ou têm condição de deixar a família para estudar fora.

A segurança pública foi outro ponto discutido. O chefe do Executivo ressaltou a situação da PM, de onde uma média anual de 200 militares vão para a reserva. “E este ano pode ser que mais de 400 pertencentes ao quadro federal possam ir para reserva em função de mudanças na lei previdenciária”, lamentou Góes. Ele ressaltou que já estão finalizados os editais de seleção para as polícias Civil e Militar e que espera lançar os dois concursos ainda no primeiro semestre.

“Na PM, a necessidade de reposição demanda um concurso a cada dois anos. Infelizmente, por conta da crise econômica nacional e local, não tivemos folego financeiro para realizar estes concursos. Mas está tudo preparado para este ano”, analisou o governador.

Cooperação
O governador e o prefeito também idealizaram uma parceria entre as equipes jurídicas do Estado e do município para ajudar o Amapá a captar recursos federais e evitar um dos maiores problemas de governança dos municípios amapaenses: a inadimplência. A ideia é estabelecer uma cooperação entre o município, a Procuradoria (PGE) e a Controladoria Geral do Estado (CGE) para ajudar a manter o executivo municipal adimplente.

“Os municípios amapaenses deixam de firmar muitos convênios por conta de falhas nas prestações de contas, não acessam as certidões negativas, muitas vezes por conta de entraves jurídicos. Como o Estado possui expertise nessa área com a PGE e a Controladoria, essa parceria seria muito benéfica no ponto de vista de acessar recursos”, analisou o governador.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá