sexta, 28 de abril de 2017 - 15:35h
Ciclo do Marabaixo tem programação especial para o Dia do Trabalhador
Evento acontece na próxima segunda-feira, 1º de maio, no barracão da Dona Gertrudes
Por: Eloisy Santos
Foto: Marcelo Loureiro
O marabaixo é a maior manifestação cultural do Estado

Como parte da vasta programação do Ciclo do Marabaixo 2017, o “Marabaixo do Trabalhador” promete receber a população na próxima segunda-feira, 1º de maio, para festejar no tradicional barracão da Dona Gertrudes. A programação especial para os trabalhadores acontece a partir de 18h na Avenida Duque de Caxias, 1203, área central de Macapá.

A coordenadora de Ações Afirmativas do Ciclo do Marabaixo na Secretaria Extraordinária para os Povos Afrodescendentes (Seafro), Valdinete Costa, ressalta que o público será recebido com muita alegria e tradição. “Com direito a rodas de marabaixo entoando o ladrão [composições cantadas], serviremos ainda o tradicional caldo e a gengibirra. Neste dia, o trabalhador junta-se a nós para conhecer o marabaixo, a manifestação cultural que também pertence a ele”, destacou a coordenadora.

O tema do ciclo deste ano é "Reconhecer que o Ciclo do Marabaixo faz parte do nosso desenvolvimento sociocultural é um ato de justiça". O slogan tem como objetivo disseminar a informação de que, apesar de ser uma tradição centenária das famílias afrodescendentes da Favela e do Laguinho, todos podem participar e compor o evento que representa a renovação da fé e devoção ao Divino Espírito Santo e à Santíssima Trindade.

Até 18 de junho, quando termina o ciclo, ocorrerão diversos rituais tradicionais nos quatro barracões da cidade, localizados nos bairros Laguinho e Favela, redutos das famílias do Mestre Pavão, Tia Biló, Dona Dica Congó e Dona Gertrudes, e no distrito de Campina Grande, na zona rural. Serão realizadas missas, novenas, retirada de mastros no Curiaú, enfeite, levantamento e derrubada destes mastros e o Domingo da Murta. Também serão promovidas palestras em escolas para disseminação da cultura do marabaixo, mediante solicitação de gestores das instituições à Seafro.

O ciclo, que iniciou no último dia 15 de abril, segue até o mês de junho, e tem o apoio do Governo do Estado do Amapá (GEA).

Mastros e Murta

Dois grandes momentos do ciclo são o “Marabaixo do Mastro” e o “Marabaixo da Murta”. Os mastros são cortados no campo do Curiaú – ritual do qual participam todas as famílias tradicionais, que plantam novas mudas no lugar da árvore extraída – e posteriormente são utilizados para erguer a bandeira da Santíssima Trindade e do Divino Espírito Santo. Antes disso, explica Valdinete, ele é enfeitado com murta. “No marabaixo da murta, amanhecemos o dia para hastear os mastros enfeitados com esta folhagem, também apanhada nas matas locais”, concluiu a coordenadora.

Serviço

Programação

01/05 – Marabaixo do Trabalhador (somente no barracão da Dona Gertrudes)

14/05 – Marabaixo das Mães (somente no Barracão da Dica Congó)

20/05

8h - Corte do Mastro no Curiaú, com todos os realizadores do Ciclo

De 17h à meia-noite – Rodada de Marabaixo no Barracão da Dona Gertrudes

21/05

De 17h a meia-noite – Marabaixo do Mastro (Somente no barracão da Dona Gertrudes)

02/06

19h – Ladainha em Louvor à Santíssima Trindade (se estende até 10/06)

03/06

16h – Quebra de Murta no Curiaú

04/06

De 16h às 7h do dia seguinte – Marabaixo da Murta, Encontro das Bandeiras na frente da Igreja Jesus de Nazaré, retorno para os barracões e marabaixo até o amanhecer, quando os mastros são levantados.

11/06 – Domingo da Santíssima Trindade

07h – Missa da Trindade (Igreja da Santíssima – Dona Gertrudes);

07h – Missa da Trindade (Centro Cultural Jesus Maria José Dona Antônia);

09h – Missa da Trindade (Barracão Dica do Congó – Dica Congó);

10h – Café da manhã nos barracões;

12h – Almoço dos inocentes nos barracões.

15/06

De 17h às 23h – Marabaixo de Corpus Christi (Somente da Dona Gertrudes)

18/06

De 18h às 22h – Marabaixo da derrubada do mastros e escolha dos festeiros de 2018

Laguinho

Tia Biló – Rua Eliezer Levy entre Mãe Luzia e José Tupinambá;

Mestre Pavão – Av. José Tupinambá entre Leopoldo Machado e Jovino Dinoá.

16/04 – Domingo de Páscoa

De 16h a meia-noite – Marabaixo da Ressureição

20/05

8h – Sábado do Corte do Mastro, no Curiaú, com todas as famílias e festeiros.

21/05 – Domingo do Mastro

10h à meia-noite – Roda de Marabaixo na casa do Mestre Pavão;

17h à meia-noite – Roda de Marabaixo na casa da Tia Biló.

24/05 – Quarta-feira da Murta do Divino Espírito Santo

De 16h as 7h– Marabaixo da Murta do Divino Espírito Santo, até o amanhecer do dia seguinte, quando o mastro é levantado.

25/05

19h – 1ª novena do Divino Espírito Santo.

26/05

21h – 1º Baile dos Sócios do Divino Espírito Santo.

02/06

21h – 2º Baile dos Sócios do Divino Espírito Santo.

04/06 – Domingo do Espirito Santo

7h30 – Missa na Igreja São Benedito (Tia Biló) e Igreja Jesus de Nazaré (Mestre Pavão);

9h – Café da manhã, nas casas dos festeiros;

12h30 – Almoço na casa do Mestre Pavão;

16h – Marabaixo da Murta da Santíssima Trindade, encontro das Bandeiras na frente da igreja Jesus de Nazaré e retorno para o barracão, com roda de marabaixo até o amanhecer do dia seguinte, quando o mastro é levantado.

05/06

18h – Início da Novena da Santíssima Trindade e última Novena do Divino, na casa do Mestre Pavão;

19h – Início da Novena da Santíssima Trindade e última Novena do Divino, na casa da Tia Biló.

09/06

21h – 1º Baile de Sócios da Santíssima Trindade;

11/06 – Domingo da Santíssima Trindade

7h30 – Missa na Igreja São Benedito (Tia Biló) e Igreja Jesus de Nazaré (Mestre Pavão);

9h – Café da manhã na casa das famílias pioneiras;

15/06

Baile de Corpus Christi nas casas dos festeiros

18/06 – Domingo do Senhor

17h – Derrubada dos mastros e escolha dos festeiros de 2018.

 

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá