terça, 13 de junho de 2017 - 12:39h
Inspeção confere ajustes finais para inauguração da Unidade de Nefrologia de Santana
Denominado Clínica da Vida Lourival Duarte Brandão, o prédio já está concluído e equipado.
Por: Elder de Abreu
Foto: Marcelo Loureiro
Estado está providenciando médicos especialistas para que a unidade funcione em sua capacidade total.

Acompanhado das equipes técnicas da Saúde e Infraestrutura, o governador Waldez Góes inspecionou a obra da primeira unidade de nefrologia do município de Santana, cuja inauguração deve ocorrer até o fim deste mês. A visita técnica ocorreu nesta terça-feira, 13.

Denominada Clínica da Vida Lourival Duarte Brandão, a unidade fica localizada dentro do Hospital Estadual de Santana. A construção está totalmente concluída. Faltam apenas alguns ajustes na iluminação do prédio. Nesta terça-feira, os fiscais puderam conferir a instalação de centrais de ar. A unidade será totalmente climatizada.

Os aparelhos de atividade fim do empreendimento também não são mais problema. As 14 máquinas de hemodiálise já estão devidamente instaladas. Os equipamentos atenderão, inicialmente, 24 pacientes, que se revezarão três vezes por semana (terças, quintas e sábados) e em dois turnos (7h às 11h e 12h às 16h).

Segundo o chefe do Executivo, a demanda deve aumentar gradativamente, pois, além de Santana, a clínica foi preparada atender, ainda, pacientes renais do município de Mazagão. A demanda é de 68 pacientes nas duas cidades.

“Quando estiver em funcionamento, além de ampliar os cuidados aos pacientes, mais comodidade e conforto aos usuários, a unidade vai desafogar o atendimento na unidade de nefrologia de Macapá, dentro do Hospital Alberto Lima [HCAL]. Os pacientes de Santana não terão mais que se deslocar para a capital para buscar tratamento”, observou o governador.

O atendimento será feito por uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros, e técnicos de enfermagem com especialização ou treinamento na área. Também vão atuar um psicólogo e um assistente social.

Especialistas

A última dificuldade para pôr a unidade em funcionamento é falta de médicos especialistas em nefrologia no mercado. Atualmente, apenas 8 destes profissionais atendem as redes pública e particular do Estado, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde.

“Hoje, por exemplo, estamos com esse atendimento bastante sobrecarregado porque recentemente perdemos o mais experiente deste médicos, o doutor Teles, que faleceu. Temos outra profissional de licença maternidade e outro de férias. Há uma carência destes profissionais no quadro do Estado e estamos correndo para resolver esta dificuldade”, explicou o secretário de Estado da Saúde

Junto com a equipe de gestão do Estado, a Sesa estuda formas de contratação de mais nefrologistas para que a clínica atenda, até o final do ano, na capacidade máxima, em três turnos e de segunda-feira a sábado.

A Obra

Paralisada desde novembro de 2014, a obra foi retomada em setembro de 2016. Teve que passar por serviços de adequações. O Estado investiu pouco mais de R$ 1,7 milhão, recurso do Tesouro Estadual.

A Clínica da Vida está localizada em uma área dentro do complexo hospitalar de Santana. Tem área construída superior a 500m², composta por dois consultórios, sala para hemodiálise, osmose, posto de enfermagem, sala de recuperação, de resíduos, ambiente para lavagem de fístulas.

Além de, recepção com registro e espera, administração, banheiros masculinos e femininos com acessibilidade; repouso e vestiários com banheiros masculino e feminino; duas copas, uma para funcionários e outra para pacientes e depósito de materiais de limpeza. E para dar suporte, caso falte energia, um gerador próprio.

GALERIA DE FOTOS
GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá