segunda, 15 de maio de 2017 - 15:50h
Caesa distribui produtos e orienta sobre tratamento da água
Companhia participou da Jornada Itinerante Terrestre, na Zona Norte de Macapá.
Por: Cassio Albuquerque

A Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) participou da Jornada Itinerante Terrestre, promovida pelo Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), em parceria com órgãos estaduais e faculdades. O evento ocorreu no CEU das Artes, no bairro Infraero 2, Zona Norte de Macapá, no período de 10 a 12 de maio.

A ação ofereceu atendimentos jurisdicionais, além de emissão de documentos e orientações à população do bairro e adjacências. O serviço ofertado pela companhia foi a distribuição de hipoclorito de sódio e sulfato.

A coordenadora do trabalho técnico social da companhia, Keuren Nascimento, informou que foram dadas orientações sobre o uso correto dos produtos químicos usados no tratamento. “O hipoclorito de sódio desinfeta á agua deixando-a própria para consumo. O sulfato clareia e pode ser usado nas casas onde se tem caixa d’água. Na ação, orientamos os participantes sobre a dose correta dos produtos para não afetar a qualidade do líquido”, explicou.

Na jornada também foram distribuídos cartazes e panfletos com dicas para evitar o desperdício de água potável nas residências. O material é parte do trabalho educativo realizado pelos técnicos da companhia em escolas e em ações sociais.

A dona de casa Maria Aguiar, de 52 anos, aprovou o trabalho realizado e disse que vai pôr em prática as dicas para evitar o desperdício de água. “Às vezes, a gente não se dá conta do quanto gasta água nas coisas. Seja na hora de cozinhar, fazer os serviços domésticos e no banho. É bom a gente ser informado sobre como economizar porque a gente desperdiça menos e o gasto é menor”, disse.

O servidor da Justiça, Rubens Barros, destacou o trabalho dos órgãos do governo e a atuação do Judiciário em levar serviços para as populações de bairros afastados do Centro da capital.

“Os atendimentos feitos na Justiça Itinerante do Tjap mostram que o Judiciário amapaense vem buscando uma mudança de paradigma, tirando a Justiça dos gabinetes e levando ao encontro da população, aproximando, assim, Judiciário e sociedade, além de promover a desburocratização e celeridade nos serviços ofertados”, informou.

Além da Caesa, a população buscou os serviços do programa Pai Presente, da Casa de Justiça e Cidadania, Defensoria Pública do Amapá (Defenap), Polícia Técnico-Científica (Politec), Núcleo de Práticas Jurídicas da Faculdade Estácio do Amapá (Famap), dentre outros.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá