quinta, 15 de junho de 2017 - 18:43h
Profissionais de saúde são orientados a manter calendário vacinal atualizado
Imunização é essencial para evitar infecções e que servidores propaguem doenças que circulam no ambiente hospitalar
Por: Elmano Pantoja
Foto: Elmano Pantoja
Profissionais também receberam vacina contra hepatite B e influenza

O profissional que atua direta e indiretamente nas unidades de saúde sempre está suscetível a contrair doenças pelo contato com inúmeros tipos de patologias. Com o objetivo de evitar esse tipo de problema, a direção do Hospital Estadual de Santana (HES), realizou na quarta-feira, 14, palestras sobre a importância dos servidores manterem seus calendários vacinais atualizados.

Foi esclarecido, por exemplo, que os profissionais, obrigatoriamente, devem estar imunizados contra influenza, hepatite A e B, tríplice viral (rubéola, sarampo e caxumba), dupla adulta, difteria e tétano e pneumocócica 23v, para aqueles com mais de 60 anos.  Segundo a especialista Lilian Vergana, mantendo as vacinas atualizadas, o servidor evita ser infectado e também não propaga a doença.

"Os hospitais são portas de entrada para todos os tipos de doenças transmissíveis e não transmissíveis, e quem recebe esses pacientes são os profissionais. Então é importante eles devem estar em dia com as vacinas obrigatórias para que não sejam contaminados e não levem doenças para casa", explicou Vergana.

Também foi mostrado aos profissionais, pelo infectologista Rafael Darwich, mitos comuns relacionados à imunização. Um exemplo é a repetição de dosagem pela ausência do calendário vacinal ou pelo não efeito da dose anterior. Os servidores ainda receberam doses de vacina contra influenza e hepatite B.

Para a enfermeira Michele Sadala, o momento é essencial para que os profissionais lembrem de se cuidar. "Nós sempre cuidamos das pessoas e muitas vezes, devido a rotina que temos, acabamos esquecendo que devemos ter mais atenção com nós mesmos, sendo que lidamos com diversos tipos de doenças. Agora estou com o calendário vacinal atualizado, mas nem sempre foi assim", ressaltou.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá