sexta, 26 de maio de 2017 - 17:15h
Força-tarefa do governo prestará atendimentos na Ação Global 2017
Órgãos do Estado ligados à saúde, cidadania, segurança pública, desporto e lazer prestarão serviços à comunidade na ocasião.
Por: Eloisy Santos
Foto: Arquivo/SESA
Atendimentos em saúde e cidadania são alguns dos serviços mais procurados nas estandes do governo

A Ação Global, evento que ocorre simultaneamente em vários Estados do país, será realizado na capital do Amapá neste sábado, 27, das 8h às 17h. Mais de dez órgãos do Governo do Amapá (GEA) prestarão atendimentos ao público. O Estado contribui com a 27ª edição do evento por meio de serviços voltados à cidadania, saúde, segurança pública, desporto e lazer, que estarão disponíveis tanto no prédio do Serviço Social da Indústria (Sesi) – promotor do evento - quanto na Escola Estadual Irmã Santina Rioli – cedida pela Secretaria de Estado da Educação (Seed) - e Praça Nossa Senhora da Conceição.

Saúde

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) disponibilizará oito médicos que atenderão durante todo o dia, sendo seis pela manhã e dois no turno da tarde. Serão ofertados, ainda, exames de PSA, por meio do Laboratório Central do Amapá (Lacen). Testes rápidos de sífilis, HIV e hepatite serão feitos por equipes do Centro de Referência em Doenças Tropicais (CRDT). A Coordenação Regional de Saúde, por sua vez, realizará procedimentos de triagem, que abrange aferição de pressão arterial, teste de glicemia e cálculo do índice de massa corporal.          

Cidadania     

A Rede Super Fácil contribuirá com a emissão de documentos, como RG e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). A expectativa para esses dois serviços é de, pelo menos, 1.000 atendimentos.

A Secretaria Extraordinária de Políticas para a Juventude (Sejuv) disponibilizará oito servidores para o cadastramento de jovens com idade entre 16 e 29 anos no Programa Identidade Jovem (ID Jovem). O órgão prevê que sejam realizadas mais de 500 consultas, cadastros e emissões do documento, que dá a esse público o direito à meia-entrada em eventos artísticos, culturais e esportivos, além de desconto de 50% ou gratuidade em transportes coletivos interestaduais. 

O ID Jovem é um programa do governo federal, lançado em dezembro de 2016, que o Amapá aderiu no dia 24 de março. Para ser beneficiado, além de obedecer ao critério de idade, o jovem deve possuir renda familiar de até dois salários mínimos e estar inscrito no Cadastro Único de Acesso a Programas Sociais (CadÚnico), que gera o Número de Identidade Social (NIS).

O Sistema Nacional de Emprego (Sine) no Amapá, vinculado à Secretaria de Estado de Trabalho e Empreendedorismo (Sete), estará cadastrando trabalhadores no sistema Emprega Brasil e, ainda, ofertando palestras relacionadas à entrevista de emprego, preparação de currículo, orientações vocacionais, previdenciárias, trabalhistas, etc.

Na ocasião, também será apresentado o Sine Fácil, que se trata de um aplicativo mobile gerenciado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

A Secretaria Extraordinária de Políticas para as Mulheres (SEPM) ofertará atendimentos de acolhimento, jurídicos e psicológicos por meio do Centro de Atendimento à Mulher e à Família (Camuf), com expectativa de atender 300 pessoas.

A Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) estará, na ocasião, com seis funcionários realizando mutirão de atendimentos aos consumidores aptos ao benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica, programa do governo federal.

No Amapá, há 58 mil famílias aptas ao benefício, das quais 23 mil em Macapá. Dentre os pré-requisitos, os titulares das unidades consumidoras devem estar inseridos no Cadastro único para Programas Sociais (CadÚnico) e possuir Número de Identificação Social (NIS), ter renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa ou, ainda, membro familiar contemplado com Benefício de Prestação Continuada de Assistência Social (BPC). Indígenas e quilombolas também têm direito ao benefício.

No momento de aderir ao programa, o consumidor deve ter em mãos documentos pessoais como RG, CPF, NIS, Registro de Nascimento Indígena (Rani) – se for indígena -, endereço da unidade consumidora e número do BPC para quem usufrui deste benefício.

Segurança Pública

Um estande da ouvidoria da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sejusp) será montado na Escola Santina Rioli para divulgar o serviço, receber denúncias, sugestões e esclarecer dúvidas sobre a atuação de órgãos ligados à segurança pública no Estado, como Polícia Militar do Amapá (PMAP), Corpo de Bombeiros do Amapá (CBMAP), Instituto Penitenciário do Amapá (Iapen), Instituto de Defesa do Consumidor do Amapá (Procon) e outros.

A Polícia Militar estará junto ao Ministério Público do Amapá - por meio do Centro de Apoio Operacional da Cidadania (CAO-CID) e do Núcleo de Inteligência do MP-AP (Nimp) - ministrando palestra sobre o papel desempenhado por ambas instituições e orientando sobre canais de denúncia de crimes.

Ainda haverá o efetivo de 16 policiais militares para garantir a ordem e segurança no evento, distribuídos em duas viaturas (cada uma com três policiais), seis militares no policiamento a pé e quatro estarão concentrados no ônibus de monitoramento.

O Grupo Tático Aéreo (GTA) fará uma apresentação ao público presente.

Desporto, lazer e educação

A Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel) atuará com dez técnicos engajados em ofertar atividades de desporto e recreação, por meio de práticas esportivas como futebol, futsal e vôlei.

O Instituto de Pesquisa Científicas e Tecnológicas (Iepa) levará para a Ação Global atividades educativas e lúdicas por meio do Laboratório de Entomologia Médica. Serão dadas orientações sobre o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika, dentre outras.

Na oportunidade, ocorrerão sessões de cúpula do Planetário Maywaka, na quadra do Sesi, com apresentações ligadas à astronomia. Cada apresentação tem duração de vinte minutos atendendo, em média, 30 pessoas por sessão.

O Projeto Farmácia Viva atuará quanto à conscientização para preservação do meio ambiente, possibilitando o acesso aos benefícios da flora medicinal amazônica e fortalecendo conhecimento tradicional local sobre plantas medicinais e seus usos.

Este ano, a Ação Global conta com mais de 230 parceiros e a previsão é de que o número de atendimentos ultrapasse 53 mil.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá