sexta, 10 de setembro de 2021 - 00:20h - 5193
Governo e prefeitura definem funcionamento de equipamentos públicos do Conjunto Miracema
Residencial terá linha de ônibus exclusiva, Unidade Básica de Saúde, creche com capacidade para 360 crianças, além de escola de ensino fundamental e médio.
Por: Worchiely Costa
Foto: Jhon Miranda
A administração dos equipamentos públicos será conduzida pelo Estado e Município.

Nesta quinta-feira, 9, equipes técnicas da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinf) e da Prefeitura de Macapá estiveram no Conjunto Miracema, zona norte da capital, com o objetivo de definir os últimos ajustes para funcionamento do equipamentos públicos do habitacional, cuja primeira etapa - que compreende mil unidades habitacionais - está praticamente concluída, com previsão de entrega pelo Governo do Estado para dezembro deste ano.

O conjunto terá linha de ônibus exclusiva, Unidade Básica de Saúde, creche com capacidade para 360 crianças, além de escola de ensino fundamental e médio. A administração destes equipamentos públicos será conduzida pelo Estado e Município.

Neste momento, os trabalhos da Seinf se concentram na pavimentação do estacionamento. As obras da escola de ensino fundamental - também executadas pelo Estado - está com 70% dos serviços finalizados e a creche está 55% concluída.

Após a reunião, ficou definido que a Seinf e a Secretaria de Meio Ambiente de Macapá vão fazer a doação de mudas de plantas para um projeto de paisagismo em toda a área do conjunto. Mais que a arborização do habitacional, o projeto busca trabalhar a preservação do meio ambiente com os moradores. Além disso, a Prefeitura de Macapá vai executar as obras de pavimentação e asfaltamento do trecho que liga o bairro Ilha Mirim ao Conjunto Miracema

“Nós queremos fazer um trabalho conjunto, pois há ações que são de responsabilidade da prefeitura, como por exemplo, a definição da linha de ônibus, administração da creche, assim como a construção de outra escola de ensino fundamental. Outro assunto abordado, foi a desocupação do Canal do Jandiá, área que hoje é ocupada por pessoas que vão morar nos apartamentos do Miracema”, destacou o secretário-adjunto de Gestão, Pedro Baptista.

Habitacional Miracema

O residencial vai contar com 2 mil moradias. A primeira etapa já está praticamente concluída. O Governo priorizou entregar as primeiras unidades habitacionais com escola e creche funcionando.

O Miracema é um dos maiores projetos de habitação executados pelo Governo do Estado. O projeto recebe investimento de aproximadamente R$180 milhões, sendo recursos do Tesouro Estadual e de emendas da Bancada Federal.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá