sexta, 12 de novembro de 2021 - 18:07h - 9221
PIB do Amapá cresce 2,3% em 2019, acima da média nacional
Total das riquezas finais produzidas durante o ano de referência foi estimado em R$ 17,5 bilhões, mantendo o crescimento observado em anos anteriores.
Por: Claudio Morais
Foto: Foto: Maksuel Martins
Setor de Serviços e retomada do crescimento agropecuário foram destaques no desempenho estadual.

O Amapá cresceu 2,3% entre em 2019, acima da média nacional, que foi de 1,2%. É o que mostra o resultado da soma dos bens e serviços finais - Produto Interno Bruto (PIB) - divulgado nesta sexta-feira, 12, pela Secretaria de Planejamento (Seplan) em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O PIB per capita também cresceu, com variação de 2,17% em relação a 2018, estimado em R$ 20.688,21. Entre os principais responsáveis pelo aumento do PIB estão os setores de Serviços, que cresceu 1,9% e representa 88% da economia do Amapá, e o Agropecuário, que teve variação de 0,9%, desempenho melhor que em 2018, quando teve queda de 7,4%.

Composição do PIB

Setor primário teve participação de 1,9%

Setor secundário apresentou 9,3%

Setor terciário privado (comércio e serviços) 40,9%

Administração pública 47,9%

Para o secretário de Planejamento, Eduardo Tavares, o aumento da participação do setor de Serviços na economia é uma tendência global, acompanhada pelo Amapá.

“Vejamos quantas atividades passaram a ser realizadas on-line, a forte expansão do e-commerce, o que ajuda a explicar esse aumento considerável do setor não somente no Amapá”, explicou Tavares.

Segundo o titular da Seplan, outro fator que influencia no desempenho econômico do estado são as atividades do setor elétrico.

“Somos o 5º maior PIB da região norte e o 3º em ritmo de crescimento. A geração de energia contribui para mantermos o ritmo de crescimento consistente no setor industrial e, com as recentes concessões nos setores de saneamento e distribuição de energia, projetamos a mesma tendência de crescimento que se mantém desde 2015”, completou.

Projeções para o PIB de 2020

O ano de 2020 foi marcado pela pandemia do novo coronavírus e pelas medidas restritivas de prevenção à covid-19. Mesmo com a crise sanitária, que afetou economias do país e do mundo, as projeções do Planejamento para os resultados do próximo levantamento são positivas.

“Desde o início da pandemia, o Governo do Amapá adotou medidas de proteção à vida e à economia que serviram para minimizar os impactos sanitários, sociais e econômicos e ajudar a população a continuar avançando, mesmo com a crise”, ressaltou o secretário.

São ações como o Programa Amapá Mais Forte de fomento da economia, o Programa Comida Em Casa, que garantiu segurança alimentar para famílias em vulnerabilidade, o Programa de Produção Integrada de Alimentos para o fortalecimento da agricultura familiar, entre outras medidas socioeconômicas.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá