terça, 20 de julho de 2021 - 15:51h - 4199
Governo realiza 3ª chamada de habilitados ao auxílio emergencial para corrigir inconsistências cadastrais e bancárias
Prazo para apresentarem documentação presencial vai de 21 a 24 de julho, das 8h30 às 12h30, no prédio da Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo
Por: João Clésio
Foto: Ascom/Sete
Prédio da Sete fica na avenida Mendonça Júnior, 1175, Centro, esquina com a rua Jovino Dinoá.

Um total de 269 sócios proprietários de empresas estão sendo convocados pelo Governo do Estado para confirmação de dados cadastrais e regularização de inconsistências bancárias para o recebimento do auxílio emergencial.

O valor pago pelo Estado é de R$ 1.500,00. O atendimento presencial a este público começa nesta quarta-feira, 21, das 8h30 às 12h30 e se estenderá até 24 de julho. Este é o terceiro chamamento das empresas habilitadas a receber o benefício.

Lista dos sócios proprietários convocados no link abaixo

https://auxilioemergencial.portal.ap.gov.br/docs/edital-0032021.pdf

O atendimento será no auditório da Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete), na avenida Mendonça Júnior, 1175, Centro, esquina com a rua Jovino Dinoá.

Para tirar dúvidas, foi disponibilizado o número (96) 98120-6066, e a ligação deve ser em horário comercial.

É necessário ter em mãos, no ato do atendimento, o CNPJ, inscrição estadual, dados bancários (banco, agência e conta da empresa, além do de Identidade e CPF do sócio proprietário).

É importante salientar que estas empresas já foram habilitadas no site https://auxilioemergencial.portal.ap.gov.br/ para receber o auxílio emergencial para mitigar os impactos da pandemia, mas é preciso corrigir as inconsistências bancárias”, comentou Ezequias Costa, secretário adjunto da Sete.

A Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo é responsável pela verificação da documentação, dados bancários e encaminhamento dos nomes dos sócios proprietários para recebimento do auxílio emergencial.

O benefício faz parte do pacote de proteção à vida e à economia, implementado pelo governador Waldez Góes para minimizar os impactos sociais ocasionados pela pandemia da covid-19.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá