domingo, 01 de maio de 2022 - 03:00h - 6080
Complexo Turístico da Beira-Rio traz todo o sabor da gastronomia amapaense na nova praça de alimentação
Praça de Alimentação Sabores do Amapá e a revitalização da Casa do Artesão foram entregues no sábado, 30.
Por: Lana Dantas
Foto: José Baía/Secom
Isaque Freitas, trabalha com comidas típicas há 8 anos na Beira-Rio

A Praça de Alimentação Sabores do Amapá voltou a funcionar neste sábado, 30, durante a entrega do Complexo Turístico da Beira-Rio, localizado no Centro de Macapá, feita pelo governador Waldez Góes à população amapaense.

O ambiente, que fica ao lado da Casa do Artesão, possui 30 espaços para a comercialização de alimentos e abriga empreendedores que trabalham com venda de comidas típicas da gastronomia amapaense, como maniçoba, vatapá, tacacá, chapas, sorvete, água de coco, abacaxi, batata frita, tapioca, açaí, pipoca, churros e doces variados.

O empreendedor Isaque Freitas trabalha com comidas típicas há 8 anos na Beira-Rio. Ele comemorou a entrega do espaço totalmente revitalizado.

“É uma grande bênção poder vender meus alimentos em um ambiente estruturado e bem localizado. Agora vai melhorar o nosso atendimento aos clientes. Me surpreendeu, estou com confiante em fazer boas daqui pra frente”, comemorou o empreendedor.

O público que visitou a praça de alimentação Sabores do Amapá pôde provar a gastronomia regional.

“Eu e minha família viemos conhecer o espaço e estamos adorando. É gratificante ver nosso Estado ganhar mais um espaço de lazer. A comida regional é minha preferida”, revelou a amapaense Simone Serrão.

Os espaços revitalizados fazem parte da Nova Economia que é um Plano Estadual de Desenvolvimento da Economia Circular para o período 2022-2030. É um conjunto de políticas públicas para um novo e mais eficiente modelo de desenvolvimento econômico para o Estado, com a previsão de geração de mais emprego e renda, respeitando o meio ambiente e oportunizando a qualidade de vida aos amapaenses.

Casa do Artesão

Outro espaço que também é atração no complexo turístico da Beira-rio é a Casa do Artesão. O local expõe uma diversidade de artesanatos da cultura amapaense e indígena. Como peças de cerâmica, argila, móveis de madeira, entre outros materiais.

O principal objetivo é fomentar a atividade artesanal do Estado e promover a geração de trabalho e renda para os artesãos locais, possibilitando a exposição e comercialização de produtos regionais.

A Casa do Artesão é parte importante do circuito turístico do Amapá. Quem visitar o novo espaço, conhecerá o trabalho de cada artesão. São peças em cerâmica, cipós, argila, manualidades, colares de sementes, móveis de madeira e doces artesanais.

Francisco Baía é artesão há 22 anos, trabalha com a produção de peças em madeira reaproveitável, como a macacaúba, angelim, cumaru e ipê. Na exposição, é possível encontrar tábuas, barcos e quadros.

“Para nós, artesãos, está sendo gratificante receber a casa revitalizada. As pessoas entram, se encantam e compram nossos produtos. Estou muito feliz de estar aqui expondo minha arte, trabalho cada vez mais valorizado no nosso estado”, contou o artesão.

A paraense Shirley Queiroz visitou o local e conheceu o artesanato local.

“Estou encantada com a beleza das peças. Precisávamos de um lugar com essa representatividade dos artesãos, agora podemos apreciar os trabalhos produzidos por esses artistas”, afirmou a visitante.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Erich Macias/Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá