terça, 01 de junho de 2021 - 17:48h - 2398
Covid-19: Amapá mantém a menor taxa de letalidade do país
Novo boletim epidemiológico, apresentado esta semana pela SVS, aponta risco moderado para o estado.
Por: Nathanael Zahlouth .Colaboradores: Marcelo Guido
Foto: Reprodução/SVS
Mapa epidemiológico do Amapá.

Os números relacionados ao combate à covid-19 no estado do Amapá continuam mantendo uma média positiva. O boletim epidemiológico apresentado pelos técnicos da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) mostram que a taxa de letalidade está em 1.5, a menor do Brasil. O mapa de risco apresentado, levando em consideração todos os municípios, mostra o estado em risco moderado (cor laranja).

Analisando individualmente cada município, o mapa de risco ainda apresenta os municípios de Oiapoque e Laranjal do Jari em risco baixo. Serra do Navio e Cutias com risco moderado e os demais municípios com alto risco. 

Segundo informações do boletim, a taxa de ocupação de leitos na rede hospitalar é de 69% para leitos de UTI pública adulto, 94.1% para leitos de UTI privada adulto, 61.7% para leitos clínicos públicos adulto e 64.8% para leitos clínicos privados adulto.

Ainda de acordo com o documento, nos últimos 14 dias, o Amapá registrou queda -37,04% no número de óbitos ocorridos. A média considera o período de 23 a 29 de maio comparado com 9 a 15 do mesmo mês. Já em relação a média do número de casos registrados nos últimos 14 dias, a redução é de -4,62%.

A média positiva dos números atribui-se ao fato das medidas de controle que foram adotadas pelas autoridades de saúde e também pelos números de pessoas vacinadas, que marca em torno de 125 mil pessoas tomaram a primeira dose no Amapá.

"Não é momento de relaxar, é necessário manter todas as medidas de contenção do virus, uso de máscara, distanciamento social e higiene continuam sendo essenciais, enquanto isso a vacinação continua", informou Dorinaldo Malafaia, superintendente de Vigilância em Saúde no Amapá.

 

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá