terça, 03 de maio de 2022 - 18:02h - 6825
Governo do Amapá disponibiliza recursos a empreendedores atingidos pela cheia do rio Jari
A linha de crédito “Sinistro e Calamidade” destinará até R$ 4 milhões para os empreendedores dos municípios de Laranjal e Vitória do Jari.
Por: Claudio Morais
Foto: Criles Monteiro
Na última semana, o nível do rio superou 3 metros e alagou a maioria dos bairros de Laranjal do Jari e de Vitória do Jari.

Desde o início das cheias no rio Jari, o Governo do Amapá garante segurança alimentar e define estratégias para minimizar vulnerabilidades nos municípios de Laranjal do Jari e Vitória do Jari.

Nesta terça-feira, 3, o Estado enviou equipes da Agência de Fomento do Amapá (Afap) para assegurar assistência, também, para os empreendedores afetados pelos alagamentos.

O diretor-presidente da Afap, Francisco de Assis, adiantou que o crédito disponibilizado é da linha “Sinistro e Calamidade”, pensado para situações de anormalidade como a que ocorre na região do Jari, e que irá injetar cerca de R$ 4 milhões em ambos os municípios.

“No sábado [30 de abril], durante a visita aos municípios, o governador Waldez acionou a Afap para garantir mais essa assistência à região. Estamos levantando o total desses empreendedores para já iniciarmos também os atendimentos”, detalhou Assis.

VEJA TAMBÉM: Waldez acompanha ações às famílias atingidas pela inundação e assegura fomento a empreendedores afetados

Linhas de Fomento

As linhas de crédito da Afap para empreendedores financiam investimentos, aquisição de equipamentos e fortalecimento da estrutura de capital de empresas, fundamental para a retomada das atividades e para sanar os prejuízos causados pelo sinistro.

De acordo com Assis, o fomento será disponibilizado de acordo com cada situação, podendo ser:

  • Empreendedor informal, com acesso até R$ 8 mil em 24 parcelas;
  • Formalizado como microempreendedor individual (MEI), com acesso até R$ 15 mil em 36 parcelas;
  • Formalizado como microempresa (ME), com acesso até R$ 50 mil, em 48 parcelas.

Todas as linhas de crédito têm carência de 6 meses, sendo a taxa de juros para o empreendedor informal de 1,7% ao mês e, para o empreendedor formalizado, de 1,5% ao mês. Outras informações poderão ser conferidas na unidade do Super Fácil de Laranjal do Jari.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá