segunda, 06 de setembro de 2021 - 17:36h - 4581
Governo apresenta etapas da ampliação do sistema de água de Laranjal do Jari
Vereadores locais conheceram os detalhes do cronograma, que inclui reformas na captação de água e ampliação de redes no município.
Por: Camila Ramos .Colaboradores: Moema Cambraia
Foto: Moema Cambraia
Seguindo as determinações do governador Waldez Góes, as obras previstas irão acontecer e finalizar antes que o Consórcio assuma a Companhia.

O Governo do Amapá apresentou as etapas concluídas e em construção das melhorias no abastecimento de água em Laranjal do Jari para vereadores do município, que fica no sul do estado. A projeção é de que a produção de água na cidade aumentará em 50% até o fim deste ano.


De acordo com o diretor-presidente em exercício da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa), Luiz Monteiro, com o fim do período de alagamentos, a ampliação do sistema com a instalação de novos ramais de água nos bairros Malvinas e Samaúma será retomada.

Os bairros receberam água tratada pela primeira vez por meio da adutora e redes construídas e entregues pelo governo em novembro de 2020. Ao todo, são mais de 5 mil famílias beneficiadas nos dois bairros.

Poço profundo


Outra obra que impactará positivamente no abastecimento da cidade é a instalação de um poço profundo de 250 metros. A perfuração iniciou, porém foi interrompida assim que a empresa executora detectou muita lama no local, tornando as obras inviáveis. Menos de 25% do valor do antigo contrato foi pago, e, consequentemente, rompido após falha técnica da empresa responsável, que não fez o correto estudo do solo.


Entretanto, um novo poço será escavado em outra posição por nova empresa. O investimento é de R$ 1 milhão e o projeto está em processo de licitação, previsto para finalizar ao final deste mês de setembro.

Poços artesianos e reforma do trapiche


Também está em processo de licitação a construção de 10 poços artesianos de médio porte (até 90 metros de profundidade), sendo dois destes para o município de Laranjal do Jari, nos bairros Mirilândia e Nazaré Mineiro. Outra licitação em andamento contempla a reforma no trapiche de captação de água do município.


Monteiro reforçou aos vereadores que façam mapeamento e requerimento à Caesa apontando quais áreas possuem prioridade para passar por reparos e manutenções, eliminando assim, os vazamentos de água.


Mesmo com o leilão dos serviços de saneamento da Caesa ao Consórcio Marco Zero, as obras não irão parar.

“Seguindo as determinações do governador Waldez Góes, as obras previstas irão acontecer e finalizar antes que o Consórcio assuma a Companhia”, conclui o diretor.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá