quinta, 08 de julho de 2021 - 11:14h - 2712
Auxílio emergencial: Prazo para sanar inconsistências nos cadastros encerra nesta quinta-feira, 8
Os empreendedores devem comparecer à Secretaria de Trabalho e Empreendedorismo com os documentos exigidos pelo edital.
Por: Nathacha Dantas
Foto: João Clésio
Empreendedores devem procurar a Sete

Encerra nesta quinta-feira, 8, o prazo para as empresas aptas a receber o auxílio emergencial do governo do estado, no valor de R$ 1,5 mil, regularizarem inconsistências nos dados cadastrais e bancários validados no site auxilioemergencial.portal.ap.gov.br.

A Secretaria de Estado de Trabalho e Empreendedorismo (Sete), que coordena o processo, publicou edital de convocação com data e horário de atendimento para 104 empreendedores.

O atendimento presencial é feito na Sete - localizada na Avenida Mendonça Junior, 1175, esquina com a rua Jovino Dinoá, no Centro. A documentação necessária é o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ); inscrição estadual; e os dados bancários da empresa, além de carteira de identidade e CPF do proprietário. Conforme a necessidade, a secretaria pode lançar ainda outros editais de convocação.

 

Quem tem direito ao benefício?

De acordo com a Lei Estadual nº 2.540, o auxílio emergencial no valor de R$ 1.500 é pago para estabelecimentos como bares, restaurantes, lanchonetes, segmentos de eventos e agências de viagem. O pagamento do auxílio é feito via transferência direta, por ordem bancária, na conta da empresa cadastrada. No total, o investimento de recursos do tesouro estadual é de R$ 2.436.000.

O benefício faz parte do pacote de proteção à vida e à economia, implementado pelo governador Waldez Góes para minimizar os impactos sociais ocasionados pela pandemia da covid-19.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá