segunda, 14 de junho de 2021 - 13:21h - 3827
‘É o alimento que faltava nas nossas mesas’, diz extrativista ao receber cesta do Comida em Casa
Programa do Governo do Estado entregou alimentos nesta segunda-feira, 14, em Mazagão. O governador Waldez acompanhou a entrega das cestas.
Por: Jorge Abreu
Foto: Maksuel Martins/Secom
Governo do Amapá já entregou 30.242 cestas de alimentos nos 16 municípios do estado.

Nesta segunda-feira, 14, o Governo do Estado deu continuidade ao Programa Comida em Casa com a entrega de 702 cestas de alimentos para 24 entidades ligadas a sociedade civil em Mazagão. Entre as comunidades atendidas está São José do Maracá, representada pelo extrativista Osvaldo Pinheiro, de 55 anos.

Mais conhecido como “Seu Dico”, Pinheiro destacou a importância das 14 cestas que recebeu e deverão ser entregues para pais de alunos da escola agrícola do Carvão. Segundo ele, os produtos serão um complemento na alimentação diária de diversas famílias.

“Essas cestas vão trazer uma ajuda muito grande para as famílias da zona rural, porque nós que somos extrativistas, já temos a farinha e o peixe e este alimento é o que faltava nas nossas mesas”, frisou.

Em Mazagão, as cestas foram destinadas a associações, sindicatos, feirantes, colônia de pescadores, escolas agrícolas, extrativistas, igrejas, esportistas e centro de recuperação para dependentes químicos.

Com mais esta entrega o governo alcança a marca de 30.242 cestas distribuídas até agora. Cada cesta possui 43 itens, de 16 tipos diferentes de alimentos como arroz, feijão, óleo, leite em pó, macarrão, açúcar, café, farinha, entre outros produtos.

Acompanhado do prefeito de Mazagão, Dudão, e a titular da Secretaria de Estado da Mobilização e Inclusão Social (Sims), Albanize Colares, o governador Waldez Góes anunciou que o programa poderá ser ampliado para continuar assistindo as famílias em vulnerabilidade social que foram prejudicadas pela crise da pandemia.

“Nesta primeira etapa do programa estamos entregando 50 mil cestas. E se permanecer esta necessidade o Governo do Estado continuará perto da comunidade, assistindo e dando as condições para que as pessoas tenham o melhor atendimento”, disse.

De acordo com o presidente do grupo cultural Raízes do Marabaixo, Josué Videira, de 54 anos, a ação vai beneficiar a população de Mazagão que é responsável pelas manifestações culturais, como a festa de São Tiago, maior festividade do município que, antes da pandemia, atraía centenas de turistas.

“Em nome de todas essas pessoas que vão receber as cestas, eu só tenho gratidão. Isto é um incentivo para essas pessoas que realmente precisam deste alimento. Para nós, essa ação do Governo do Estado é muito importante”, enfatizou Videira.

O programa tem como objetivo garantir a segurança alimentar de diferentes públicos. Além dos segmentos beneficiados nesta ação, o Comida em Casa já alcançou artesãos, taxistas, mototaxistas, atletas, famílias agrícolas, catadores e vítimas da enchente que afetou várias localidades no Estado.

A entrega das cestas faz parte das ações do Estado para auxiliar a população afetada pela crise causada pela pandemia, além do pacote socioeconômico que inclui o pagamento das contas de água, esgoto e energia, adiantamento do 13º do Renda Para Viver Melhor, ampliação do programa Amapá Jovem, continuação do benefício Kit Merenda em Casa, auxílio para bares e restaurantes, redução de impostos, extensão de prazos para pagamento, parcelamento e desconto de débitos com o fisco, dentre outras.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá