terça, 14 de setembro de 2021 - 14:02h - 1180
Setembro Amarelo: Governo do Amapá reforça apoio psicossocial para a juventude
A iniciativa faz parte da campanha Setembro Amarelo e é voltada para bolsistas do Programa Amapá Jovem.
Por: Jamylle Nogueira
Foto: Erich Macias
A solenidade de abertura da campanha aconteceu no auditório Azevedo Picanço e contou com a participação de 100 bolsistas do município de Macapá

Com o intuito de aumentar a conscientização e diminuir o número de ocorrências de suicídio entre a juventude amapaense, o Governo do Amapá iniciou nesta terça-feira, 14, o cronograma de ações alusivas à campanha Setembro Amarelo, com apoio de uma equipe psicossocial que percorrerá todos os municípios para fazer o primeiro acolhimento e identificação de jovens com algum tipo de transtorno psicológico.

A programação é coordenada pela Secretaria Extraordinária de Políticas para a Juventude (Sejuv) e é voltada para os beneficiários do Programa Amapá Jovem.

 

De acordo com o gestor da pasta, Pedro Filé, o objetivo não é fazer atendimento clinico, mas que a equipe conscientize esses jovens através de palestras e dinâmicas, identifique aqueles que possuem transtornos e assim o direcione para a rede estadual assistência psicossocial, para que assim seja feito o acompanhamento.

“É importante que os jovens saibam que eles não estão sozinhos, e que podem contar com o nosso apoio, pois o estado possui uma rede de suporte voltado para a saúde mental. Dentro do Amapá jovem, além da prevenção ao suicídio, trabalhamos diariamente com temas de valorização à vida como combate às drogas, educação sexual, entre outros”, destacou Filé.

O secretário também reforçou que todos os monitores estão sendo capacitados pela equipe de psicólogos e assistentes sociais da Sejuv, através de técnicas que contribuem para a identificação de jovens com transtornos psicológicos, para que seja feito o primeiro acolhimento e em seguida o direcionamento para a rede pública onde poderá receber o tratamento adequado.  

Um exemplo claro dessa capacitação é o monitor voluntário, Cleberton Palheta, 22 anos, que destacou a importância das oficinas ministradas pela equipe psicossocial, pois através delas pode auxiliar um bolsista que estava passando por um processo de depressão.

“Sou extremamente gratificado por ter ajudado o bolsista naquele momento, hoje em dia ele está fazendo acompanhamento e sempre está presente em nossas ações. Eu espero que a campanha lançada hoje conscientize cada vez mais a nossa juventude”, revela Cleberton.

A solenidade contou com a presença de 100 bolsistas do Programa Amapá Jovem, que puderam prestigiar apresentações teatrais e receber mensagens motivacionais. Até o final de setembro a programação percorrerá por todos os municípios do estado.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá