terça, 17 de maio de 2022 - 12:26h - 5270
Combate à homofobia: bolsistas do Programa Amapá Jovem fazem blitz educativa com mensagem de amor e conscientização
Iniciativa aconteceu na Avenida Fab e faz parte da campanha educativa realizada pelo Governo do Amapá para a Juventude.
Por: Jamylle Nogueira
Foto: Jamylle Nogueira
Cartazes com mensagens de conscientização foram confeccionados pelos próprios bolsistas

Não à homofobia. Essa foi a mensagem de conscientização entoada por 1.500 bolsistas do Programa Amapá Jovem, durante uma blitz educativa e caminhada realizada na Avenida Fab, em Macapá, na manhã desta terça-feira, 17.

A inciativa faz parte de um conjunto de ações idealizadas pelo Governo do Amapá para juventude amapaense, entre as quais estão, ainda, palestras e campanhas de prol da valorização à vida.

O tema debatido nessa semana pelos polos do programa Amapá Jovem é referente ao Dia Internacional de Combate à Homofobia, LGBTfobia, comemorado no dia 17 de maio. Além de palestras com psicólogos, os bolsistas saíram às ruas com cartazes com mensagens de amor, conscientização e apoio. Todas essas ações são coordenadas pela Secretaria Extraordinária da Juventude (Sejuv).

“Não estamos promovendo uma ação para falar sobre sexualidade ou gênero, mas sim de valorização e prevenção à vida, para levar à população e, principalmente para a juventude, que todo tipo de preconceito e violência são condutas inadmissíveis, que precisam ser combatidas. Então sempre estaremos aqui levantando nossas bandeiras com mensagens de amor, respeito e conscientização”, afirmou a gestora da Sejuv, Sâmylla Rocha.

O bolsista Daniel Willian Dias, de 22 anos, ingressou no Amapá Jovem há três meses. Ele revelou que em pouco tempo já participou de várias oficinas e ações de incentivo ao protagonismo juvenil.

“Participar de uma campanha como essa tem grande significado pra mim, pois a cada 20h no Brasil morre um LGBTQIA+, e precisamos lutar por essas vidas e mostrar pra a sociedade que toda vida é importante e hoje estamos aqui para dar um basta a todo e qualquer tipo de violência”, declarou o bolsista.  

Para a bolsista Jamile Brazão, de 19 anos, que já participa do Amapá Jovem há um ano, ações como essas a inspiram a crescer cada vem mais como pessoa que reconhece a igualdade entre as pessoas.

“Todos temos direito à vida, e levar mensagem de respeito, amor e liberdade para a população tem sido um grande aprendizado pra mim, tenho muito orgulho de sair nas ruas e gritar: não à homofobia”, frisou a jovem.

Santana

No município de Santana, as ações ocorrerão nos dias 19 e 20, com palestras e atividades ilustrativas e blitz educativa.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Jamylle Nogueira/Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá