segunda, 20 de dezembro de 2021 - 14:54h - 10100
Fenearte 2021: com mais de R$ 120 mil em vendas de artesanato, Amapá bate recorde em Olinda
Valor é superior ao alcançado em 2019, de R$ 75.141,00, nos dez dias da Feira Nacional de Negócios do Artesanato
Por: Kelly Pantoja
Foto: arquivo Sete
Artesãos receberam certificados do governo de Pernambuco por participação na Fenearte 2021

A participação do Estado do Amapá este ano na 21ª Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), em Olinda (PE), foi bastante produtiva e com direito a quebra de recorde no volume de vendas. De 10 a 19 de dezembro, os artesãos venderam R$ 121.827,00 em peças artesanais. O montante inclui a comercialização direta e encomendas.

O bom desempenho deve-se à quantidade, qualidade e diversidade de peças expostas no estande do Amapá. Foram 10 toneladas de produtos em argila, madeira, semente, fibra, escama, fio, tecido e com a técnica de reutilização.

“Em 2019, na última edição da Fenearte antes da pandemia, conseguimos vender R$ 75.141,00 em peças. Agora em 2021 ultrapassamos os R$ 100 mil e isto é reflexo de toda uma mobilização do Governo do Estado para garantir a presença dos sete artesãos, transporte do material e hospedagem”, avaliou Marcella Chesca, secretária de estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete).

Outro fator que contribuiu com o bom desempenho nas vendas foi o grande número de visitações ao estante do Amapá. O ex-ministro do Turismo, Gilson Machado Neto foi uma das pessoas que conheceu o espaço e comprou algumas peças artesanais, incluindo um lindo chapéu de fibra de Tururi da artesã Fátima Brício.

“Os artesãos amapaenses se superam a cada ano. Impressionante a beleza das peças produzidas e expostas na Fenearte. Não tem como passar despercebido e não comprar”, elogiou.

Certificado de participação – No encerramento da Fenearte 2021, os artesãos amapaenses Sandra de Melo Alfaia, Celso Valadares Sales, Manoel Bento Cabral Souza, Maria Marlizete Monteiro dos Reis, Maria de Fátima dos Reis Brício, Maria Sueli de Oliveira Pantoja e Antônio Augusto Simões Neto foram agraciados com o recebimento de certificados pela coordenação nacional do Programa de Artesanato Brasileiro (PAB) e o governo de Pernambuco.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá