terça, 21 de setembro de 2021 - 12:00h - 4312
15ª Primavera dos Museus: Governo do Amapá valoriza história e abre novos espaços no Sacaca
Atividades ocorrem entre os dias 22 e 24 de setembro; inauguração do Jardim Sensorial e do Espaço Místico marcam início da programação.
Por: Claudio Morais
Foto: Arquivo/Secom
Museu Sacaca está aberto às visitações das 9h às 17h, de terça a domingo; entrada franca.

O Museu Sacaca inicia nesta quarta-feira, 22, a programação local da 15ª edição da Primavera dos Museus. O circuito nacional é promovido pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e conta, no Amapá, com vasta programação de fortalecimento histórico e cultural.

O tema deste ano é “Museus: Perdas e Recomeços”. A diretora do Museu Sacaca, Eliane Oliveira, avaliou a importância desta temática na retomada das atividades durante a pandemia.

“Mesmo enquanto se precisou fechar as portas ao público, o trabalho interno, os investimentos, o cuidado com o acervo se mantiveram resilientes para o recomeço que logo viria”, ponderou.

Além da entrega de dois novos espaços no museu, a programação também conta com exposição de livros indígenas, exibições audiovisuais e de educação ambiental.

Novas ambientações

O complexo de exposições a céu aberto do Museu Sacaca abrirá duas novas ambientações, que tornarão o espaço ainda mais inclusivo e acolhedor.

Formado por uma trilha de diferentes materiais encontrados na natureza, o Jardim Sensorial foi criado especialmente para pessoas com deficiência, mas aberto à experimentação de todos os visitantes.

Já o Espaço Místico atende ao hábito dos visitantes que utilizam o museu para a prática da meditação.

“Ter a floresta no coração da cidade, de tão fácil acesso, é um convite para práticas contemplativas e de meditação. Esperamos, com o jardim e o espaço místico, tornar o museu ainda mais estimulante para o nosso público”, destacou a diretora.

Programação 

22 a 24 de setembro (09h – 17h)

  • Inauguração do Jardim Sensorial e do Espaço Místico (22/09, às 10h)
  • Leitura coletiva e exposição de livros indígenas na casa de leitura
  • Exposição audiovisual no Espaço de Educação Ambiental
  • Contação de histórias no bosque do açaí
  • Exibição de curta-metragem no Espaço Multimídia – 30 anos do IEPA
  • Exposição em banner – Turé dos povos indígenas
  • Exposição audiovisual – a fauna amazônica
  • Exposição de taxidermia do IEPA
  • Mesa redonda on-line, “Museus: Perdas e Recomeços”
  • Roda de conversa – Povos Indígenas do Amapá: perdas e recomeços (24/09, das 14h às 17h)
GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá