quarta, 22 de dezembro de 2021 - 20:55h - 6945
Governo do Amapá e empresas estudam linha de crédito para energia solar no Estado
Objetivo é fortalecer o setor e oportunizar o consumidor com serviço de energia renovável de qualidade a preços acessíveis.
Por: Leidiane Lamarão
Foto: Leidiane Lamarão
Reunião ocorreu na Agência de Desenvolvimento Econômico

O Governo do Amapá e as empresas que representam a Associação Amapaense das Empresas de Energia Solar (AAPSOLAR) estudam a criação de uma linha de crédito específica que irá fortalecer a energia solar no mercado local.

A agenda é conduzida pela Agência de Desenvolvimento Econômico, que sediou, na tarde desta quarta-feira, 22, uma reunião com empresários e a Agência de Fomento do Amapá (AFAP) para avaliar a viabilidade do projeto.

O objetivo do encontro foi discutir com os representantes do setor a adequação do projeto de acesso ao crédito, que irá atender não só as empresas, para a estruturação do negócio, como também, os consumidores que queiram contratar o serviço com qualidade e forma de pagamento facilitada.

Hoje, o Amapá conta com 24 empresas que ofertam o serviço em todo o Estado.

Para Inaldo Oliveria, da Empresa Dreams Solar Energy, apoio do Governo do Estado é considerado um marco para o setor.

“É a primeira vez no Brasil, que um governador senta com as Empresas de Energia Solara, par nos ouvir identificar as nossas dificuldades e os melhores caminhos para fomentar o setor. Isso mostra o comprometimento em ofertar serviço consolidado, seguro, e de qualidade para a população, pois energia solar é um trabalho sério. Por isso eu ressalto, todo o apoio que estamos recebendo do governo do Estado está sendo muito importante e fortalecimento do setor”, declarou o empresário.

E para quem imagina que o crescimento do mercado de energia solar no Estado, ameaça a pioneira do setor, a Minasol Painéis solares, se engana. A empresa também faz parte da AAPSOLAR e faz questão de contribuir com o desenvolvimento do setor, como garante o representante da empresa,

“Ao contrário do que se pensa, a Empresa Minasol é grande parceria do Estado e por isso também faz tudo o que estiver ao alcance para que o setor energia solar no Amapá se fortaleça. Somos uma indústria e podemos até fornecer para as pequenas empresas. Ou seja, com o mercado fortalecido com esse grande apoio do Governo do Amapá são mais empresas vendendo, gerando emprego, gerando renda e o mercado local fica aquecido. Estamos à disposição do Governo do Amapá, para contribuir no que for preciso”, destacou Ricardo Souza, da C2 Energia Solar, que também representa a Minasol.

De acordo com o diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico do Amapá, Antônio Pinheiro Teles Junior, a linha de crédito para o setor de energia solar é mais uma das inúmeras iniciativas que o Estado vem trabalhando para destravar e aquecer a economia amapaense.

“Assim como no setor de energia solar, temos feito um grande trabalho em todo o Governo do Amapá, para melhor a nossa capacidade de ofertar serviços à população e destravar cada vez mais a nossa economia e especificamente com este setor, não podemos deixar ter esse cuidado e esse acompanhamento de perto. É algo que a população necessita e por isso, deve estar consolidado e seguro”, pontuou Teles Junior.

A reunião também foi acompanhada pelo diretor de Apoio às micro e Pequenas Empresas, da Agência Amapá, Joselito Abrantes.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá