sexta, 27 de maio de 2022 - 11:36h - 3272
Amapá e Pará pactuam parceria para ações de enfrentamento ao sarampo em áreas portuárias
Ação conjunta vai instalar barreiras vacinais nas cidades de Macapá, Santana e Áfua, onde há fluxo intenso de passageiros.
Por: Rafaela Bittencourt
Foto: Ascom/SVS
Reunião entre estados aconteceu de forma virtual para estabelecer atividades em conjunto para eliminação da doença.

 

O Governo do Amapá, o Governo do Pará e as prefeituras das cidades de Afuá, Macapá e Santana pactuaram uma parceria para o enfrentamento ao sarampo, na quinta-feira, 26. A ação quer estabelecer barreiras vacinais em áreas portuárias uma vez que é intenso o fluxo entre as três cidades.

O objetivo é alcançar pessoas não vacinadas, especialmente as crianças, expandindo a área de atuação para eliminação da doença. O Governo do Estado se dispôs a prestar apoio aos municípios amapaenses para atendimento da demanda, conforme detalha a diretora executiva da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS-AP), Iracilda Costa.

“Vamos precisar monitorar a chegada e saída de embarcações de acordo com a maré dos rios, estabelecer horários e a programação que será desenvolvida. A ideia é solicitar o cartão de vacinação dos usuários e, ao identificar a falta da vacina, oferecer o imunizante no local”, explicou.

A estratégia faz parte de uma série de campanhas que o Governo do Amapá iniciou em 2021 para ampliar os números de pessoas vacinadas contra o sarampo, a exemplo das ações de casa em casa e em locais estratégicos, como atacadões e supermercados.

Como resultado, desde o início deste ano, o Amapá já registrou 22 casos confirmados de sarampo, o que representa uma redução de 94% em comparação aos quatro primeiros meses de 2021. Ainda assim, o ideal é a eliminação da doença por meio da vacinação, que está disponível em todo o Estado.

Segundo a gerente do Departamento de Epidemiologia da Secretaria de Saúde do Pará (Sespa), Leila Flores, é importante estabelecer uma comunicação com a população para que todos entendam a importância de reforçar a imunização.

“É preciso informar que haverá essas ações de vacinação e barreiras e o porquê da importância da vacinação, hoje temos casos de sarampo nos dois estados que constantemente estão em contato por meio do transporte fluvial, por exemplo”, explica.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá