quinta, 26 de maio de 2022 - 21:58h - 3285
Maio Amarelo: Creap atende 173 pacientes vítimas de acidente de trânsito em 2022
Para ter acesso ao atendimento é necessário o encaminhamento de um médico especialista.
Por: Lucas Mota
Foto: Lucas Mota
Vítima de acidente de moto faz recuperação no Creap.

A campanha Maio Amarelo é um movimento mundial que nasceu com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de acidentes de trânsito. Como forma de reduzir os traumas causados por esses acidentes, o Governo do Estado disponibiliza o Centro de Reabilitação do Amapá (Creap), que além de trabalhar em várias áreas, possui um setor de traumatologia.

O Creap atendeu, no período entre janeiro e abril deste ano, 173 pacientes vítimas de acidente de trânsito, sendo desses, 70% do gênero masculino e 30% do gênero feminino. Uma dessas pessoas atendidas foi a frentista Maridilze de Souza, que sofreu um acidente de moto.

"Desde que entrei aqui senti melhoras, eu estava com muitas dificuldades de andar, em alguns momentos usando muletas, e com o andamento das sessões fui melhorando ao ponto de andar sem precisar de nenhum auxílio", afirmou Maridilze.

Em uma situação com vítima de acidente no trânsito, independentemente da gravidade, a primeira medida é ligar para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), por meio do telefone 192, e sinalizar a batida. É dever do condutor prestar socorro às vítimas de acidentes, deixar de fazê-lo é crime previsto no artigo 135 do Código Penal Brasileiro.

A fisioterapeuta do Creap, Andreia Figueiredo, explica como é realizado o trabalho.

"Aqui no setor de traumatologia, a gente trata da reabilitação de pacientes que sofreram algum tipo de fratura, no qual o nosso tratamento é baseado na fisioterapia analgésica e motora", afirmou a fisioterapeuta.

Para conseguir ter acesso ao tratamento realizado pelo Centro, é preciso do encaminhamento de um médico especialista, e após isso, realizar o cadastro no prédio, que fica localizado na Rua Tiradentes, 1597, no bairro Central.

O cadastro presencial para pacientes vítimas de acidente de trânsito ocorre pela manhã, na segunda, quarta e quinta-feira, e no período da tarde de segunda a sexta-feira. Para o cadastro, é preciso o encaminhamento com diagnóstico, cartão do SUS, comprovante de residência e documentos pessoais.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá