sábado, 28 de maio de 2022 - 10:25h - 4163
Vale do Jari: Governo amplia atendimentos às famílias atingidas por enchente
Estado auxilia atingidos com fomento aos empreendedores, remoção de moradores das áreas críticas e segurança.
Por: Claudio Morais
Foto: lanca Moreira
Nível do rio alcançou históricos 3,46 metros, atingindo mais de 18 mil pessoas na região.

O Governo do Amapá está presente no Vale do Jari, com equipes garantindo a assistência às famílias atingidas pela cheia do rio Jari, alcançando históricos 3,46 metros. 

O Estado garante fomento aos empreendedores e boa parte dos esforços dos militares da instituição está na remoção das famílias situadas em áreas críticas.

Segundo o coordenador Estadual de Defesa Civil (Cedec), Cel. Wagner Coelho, com a avenida Tancredo Neves, principal via de acesso à região suscetível a alagamentos na cidade, intrafegável e com forte correnteza, a segurança dos moradores tornou-se o principal foco das equipes de Defesa.

"Já são mais de 600 famílias desalojadas e outras 84 desabrigadas nesta que é uma das maiores enchentes já registradas. O trabalho das equipes do Estado, com o apoio do Exército Brasileiro e também da Defesa Civil Municipal, é incansável no apoio a essas famílias, muitas delas isoladas pelo novo aumento do nível do rio", declarou o coordenador da Cedec.

Linhas de Crédito

O Governo do Estado disponibilizou R$ 4 milhões para a linha de crédito "Sinistro e Calamidade" para mitigar os efeitos da enchente nas atividades econômicas do município. Servidores da Agência de Fomento do Amapá (Afap) já atenderam mais de 400 empreendedores nos municípios de Laranjal do Jari e Vitória do Jari.

A etapa preliminar orientou estes empreendedores sobre como acessar as operações de crédito já nas próximas semanas. Todas as linhas de crédito têm carência de 6 meses, sendo a taxa de juros para o empreendedor informal de 1,7% ao mês e, para o empreendedor formalizado, de 1,5% ao mês.

 

Segurança Alimentar

Outro serviço do Estado fundamental para assegurar direitos às famílias atingidas pelo sinistro é a distribuição de água potável e cestas alimentares. Já foram mais de 235 toneladas de alimentos e 35 mil litros de água potável enviados para o Vale do Jari.

Também são distribuídos, diariamente, cerca de 250 mil litros de água potável, por meio de carros-pipa, em um trabalho conjunto entre a Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa), Defesa Civil do Estado, Exército Brasileiro e prefeituras de Laranjal e Vitória do Jari.

Além disso, já foram enviados pela Caesa, 27 caixas d'água de 5 mil e 10 mil litros para reforçar a distribuição de água potável nos locais que não são alcançados pelos carros-pipa na região.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá