segunda, 30 de maio de 2022 - 19:42h - 2771
Amapá Cacau: Waldez oficializa chamada pública que incentiva a cadeia cacaueira no estado
O edital estimula a participação de cooperativas de produtores rurais; 500 famílias agrícolas devem ser beneficiadas nesta primeira etapa.
Por: Weverton Façanha
Foto: Marcelo Loureiro
O Amapá Cacau é coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural (SDR).

O governador, Waldez Góes, oficializou nesta segunda-feira, 30, a chamada pública do Programa Amapá Cacau. O edital incentiva associações e cooperativas de produtores rurais a inserir a cadeia cacaueira no Amapá, alcançando, em uma primeira etapa, cerca de 500 famílias agrícolas.

O edital público prevê o repasse de mil mudas de cacau para os produtores, construção de viveiros rústicos para germinação das mudas, acompanhamento técnico e preparo de área, com introdução de insumos.


LEIA O EDITAL AQUI

O Amapá Cacau é coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural (SDR) e conta com a parceria da Federação de Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa). O programa já trouxe ao estado 100 mil sementes de cacau - a previsão é que mais 400 mil cheguem nos próximos dias e outras 500 mil até o fim do ano, totalizando 1 milhão de sementes para plantio.

O programa ainda oferece treinamento efetivo aos técnicos da SDR e do Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap), para que eles possam orientar os agricultores sobre o plantio, cultivo e colheita do cacau.

Os investimentos no Amapá Cacau ultrapassam R$22 milhões, e são do tesouro estadual.

“Já levamos a cerca de 100 produtores o arranjo do cacau e a distribuição de 100 mil mudas. O objetivo, agora, é fortalecer o setor primário cada vez mais e é para isso que estamos chamando produtores. Vamos ampliar e firmar a cadeia de cacau em diversos municípios”, frisou Góes.

De acordo com o gestor da SDR, Janner Gazel, existe um planejamento de expansão do programa e, assim, efetivar o cultivo de cacau no Amapá.

“Nós estamos planejando e incentivando o plantio do cacau, pois, sabemos que isso trará ao produtor outra fonte de renda. Queremos atender mais e mais agricultores e é por isso que vamos receber, em breve, mais sementes e consolidar a cadeia cacaueira no Amapá”, destacou.

Seleção

As associações e cooperativas com interesse em participar da chamada pública devem levar os documentos exigidos no edital à sede da SDR, das 8h às 12h e das 14h às 18h até 20 de junho.

Amapá Cacau

O Programa tem como objetivo incentivar e inserir a cadeia cacaueira no Estado, garantindo ao produtor familiar uma nova fonte de renda e estimulando inovação na produtividade de derivados do produto no estado.

O projeto cacaueiro concentrava-se inicialmente na região centro-oeste, envolvendo os municípios de Serra do Navio, Pedra Branca do Amapari, Porto Grande e Ferreira Gomes, mas devido ao planejamento do Governo do Amapá, o programa foi direcionado para mais cinco municípios - Tartarugalzinho, Calçoene, Laranjal do Jari, Vitória do Jari e Mazagão.

Estiveram presentes os deputados Jesus Pontes e Aline Gurgel; os gestores Hugo Paranhos (Rurap), Juliano Avelar (Amapá Terra) e  Narson Galeno (PGE); além de representantes das associações e cooperativas rurais.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá