domingo, 31 de outubro de 2021 - 11:06h - 4897
PPI: com R$ 2,7 milhões, Governo do Amapá fomenta agricultura familiar em Porto Grande
Entrega de cheques beneficiou 180 produtores rurais através de 9 entidade com recursos para investimentos em produção de mandioca e fruticultura.
Por: Jamylle Nogueira
Foto: Marcelo Loureiro/Secom
Foram entregues cheques no valor somado de R$ 2,7 milhões, destinados ao cultivo de mandioca e fruticultura

O Governo do Amapá deu continuidade às entregas de fomento do Programa de Produção Integrada de Alimentos (PPI), no sábado, 30, para mais 9 instituições rurais, que atendem a 180 famílias de localidades do município de Porto Grande. Através dos recursos e a assistência técnica, elas agora poderão ter um melhor preparo de área para o plantio.

Foram entregues cheques no valor somado de R$ 2,7 milhões, destinados ao cultivo de mandioca e fruticultura.

A presidente da Associação de Agricultores da Perimetral Norte e Estrada de Ferro do Amapá, sediada no km-117 da BR-210, Kátia Bahia, que também é agricultora e trabalha com a produção de abacaxi, destacou que os recursos irão potencializar não somente a sua produção, mas também da comunidade em geral.

“Eu amo trabalhar com a agricultura, e larguei minha profissão de corretora de vendas para exercer a mesma profissão de meus pais, pois a produção de abacaxi é uma herança de família. hoje pude ver o quanto estamos sendo valorizados através desses investimentos, e isso é motivo de muita felicidade”, destacou Kátia.

O governador Waldez Góes enfatizou que Porto Grande é o maior polo produtor agrícola do Estado e que esses investimentos garantem que os pequenos agricultores tenham mais assistência e rendimentos em suas produções.

“Os investimentos do PPI não são reembolsáveis, o que garante ao nosso agricultor maior incentivo em sua produção, pois ele não precisa pagar o banco. E através desse fomento do governo, ele consegue trazer a mecanização agrícola, tecnologia, quantidades maiores de insumos e entre outros fatores que fortalecem a economia não somente de sua família como do estado em geral”, reforçou o governador.

PPI 2021

O PPI é coordenador pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). Em 2021, o programa já alcançou 1.270 produtores de 63 entidades agrícolas, totalizando R$ 11 milhões para a agricultura familiar, que é parte dos R$55 milhões destinados ao setor econômico nos últimos 18 meses.

Esses investimentos foram detalhados pelo governador, que avalia a produção rural como peça fundamental para o desenvolvimento econômico do estado.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Marcelo Loureiro/Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá